EPIDEMIA DA OBESIDADE (E COMO EVITÁ-LA)

obesidadeApesar de algumas pausas, eu me exercito continuamente. Um mix de musculação e Hatha Yoga para manter o corpo alongado e flexível. Apesar disso, há cerca de 1 anos eu tinha parado de tomar suplemento e comer junk food – ou pelo menos reduzi muito.

Resultado: perdi 5 quilos, sem querer, pois meu corpo é apenas mediano e, apesar de ainda continuar com o IMC correto, senti-me discriminado por algumas pessoas. Estranhamente, 2 pessoas que me criticaram por estar magro, são obesas e eu nunca as critiquei.

A inversão já aconteceu; há mais pessoas acima do peso do que dentro dele, aqui mesmo no Brasil. Onde já se viu uma pessoa de corpo normal ser criticada? Somente num país de obesos.

De acordo com o Ministério da Saúde, 52,5% da população brasileira já se encontra acima do peso. Isso é apavorante, mas criticar uma pessoa obesa pode ser o passaporte para uma inimizade.

Todos sabem, mas vale relembrar que a obesidade pode trazer consigo diversos problemas de saúde, tais como diabetes, pressão alta, problemas respiratórios, ronco, artrose, baixa autoestima, redução na qualidade da vida sexual, câncer, problemas nos joelhos, bullying, etc., etc., etc.

E o que o artigo traz de novo? Somente um puxão de orelha para você ficar alerta e evitar a obesidade ou mesmo combatê-la, caso já esteja instalada no seu corpo. A prevenção ainda é o melhor remédio.

Algumas pessoas utilizam-se de auxiliares para perda de peso, como green coffee slim funciona e eu não sou médico nem nutricionista, mas já estudei bastante sobre alimentação e veja o que fiz abaixo para perder meus 5 quilos, mesmo sem querer:

  • Cortei o glúten – isso é controverso, mas eu comprovei no meu próprio corpo que o glúten é uma coisa grudenta que dificulta a digestão, provoca inchaço e gordura abdominal, sem contar outros problemas alegados por certas correntes médicas. O problema é que ele está em quase tudo que comemos: pão, bolo, biscoito, pizza, macarrão, etc. Haja disciplina.
  • Cortei sal e derivados – o processo de industrialização do sal refinado retira dele enxofre, bromo, magnésio, cálcio e outros minerais importantes para o organismo. Eu passei a utilizar o sal chamado flor do sal. O sal rosa do himalaia também é ótimo.
  • Eliminei açúcar refinado e derivados – passei a consumir apenas açúcar mascavo, reduzi a quantidade, e ocasionalmente mel. Meu doce é rapadura, que é feito da cana, bem mais natural. Aqui muita coisa precisa ser eliminada também: doce, bolo, torta, suco de caixinha, balinha, refrigerante, sorvete, etc.
  • Reduzi consumo de alimentos que contêm muitos produtos químicos – mito item a serem eliminados também; ovos de granja (por causa dos antibióticos), refrigerante, sorvete, enlatado, embutido, etc.

Claro que não sou fanático e não vou fazer da alimentação uma religião de cozinha! No mundo moderno vivemos comendo fora e muitas vezes não podemos escolher. Pelo menos reduzi bastante o consumo dos itens que mencionei abaixo.

Aliado a isso eu me exercito 2 ou 3 vezes por semana, sem exagero. E, assim, mantenho meu corpo magro.

Se este artigo lhe servir de inspiração para você começar a fazer algo para perder ou evitar ganhar peso, então já estarei mais feliz. 😉

Aquele abraço!

—-

Vídeo mostrando o problema da obesidade no Brasil que já ultrapassou mais da metade da população.